Arquivo de Maio, 2007

Coisas nossas…!

Encontrei este quadrinho de bd da Maitena e achei tão engraçado que decidi postá-lo!

LoL Realmente, há coisas que só as mulheres entendem! eheheh 😉

Anúncios

Gandhi explica…

Como explicar os problemas de recursos naturais do nosso planeta? Simples…!

“Earth provides enough to satisfy every man’s need, but not every man’s greed”

Life and death…

“Life lives, life dies. Life laughs, life cries. Life gives up and life tries. But life looks different through everyone’s eyes.”

É verdade! Cada pessoa tem uma forma diferente de encarar a vida e até mesmo de encarar a morte. Uns ficam apáticos… outros choram, gritam e desesperam… alguns deixam-se levar pelo sofrimento e afundam-se numa espiral de mágoa e saudade… Outros ainda aguentam estoicamente, para não se mostrarem fracos, para passarem segurança e conforto a outros… E há aqueles que sofrem não (só) por quem partiu, mas pela constatação da morte, por saber que um dia ela vem bater à porta…

Aaaaai… a minha vida!!!

I was so proud of myself… thinking I had successfully turned off that little button in my head.
Well… I really think I kept it in off mode for a while. But when I had it for granted, you came and twisted it on… Why…?
I wonder why… Actually… I don’t think “why” is the real question, maybe it’s more like: “What for?” or “Did you know you’re doing it?” or “Why can’t I fight it?”… I’m starting to think that maybe… and just maybe! I don’t want to…

Paz… Será?!

Acabei de “esbarrar” com uma citação sobre a paz que (por experiência própria) me leva a crer que o mundo está condenado… LoL

Susan Partnow afirma que “It is within the families themselves where peace can begin.”

Ora bem… Há algo mais comum que as picardias e as lutas entre irmãos? Isto já sem falar das discussões regulares entre pais e filhos?
Se a Paz começa aqui… e isto pode ser só a minha visão distorcida e parcial das coisas, mas… parece-me que nunca será muito estável…!

Baby Blues

Hoje tenho vontade de voar… Deixar para trás tudo o que é cinzento e sombrio. Conhecer novos horizontes, cheirar novos aromas, ver novas cores!
Dar a volta ao mundo e cair nos teus braços, o meu porto seguro… Onde me sinto amada, onde me sinto segura… completa… protegida… onde me sinto em casa!