Excuse me…

tomates.jpg   You seem to have lost something…!

Cabeça para cima e sorriso na cara!

Não é que seja um daqueles dias em que estou TÃO feliz, que só me apetece sair por aí a espalhar abraços e a dar beijinhos… Mas hoje sinto-me com força suficiente para enfrentar tudo o que o dia me reserva com um sorriso na cara!

O que já é qualquer coisa… 🙂

smiiile_.jpg

:)

Hoje de manhã recebi esta mensagem “tenho a informar q vou ficar home alone no feriado comprido! assim sendo e não tendo horários, venho por este meio apresentar-me ao serviço voluntário! :)”

Muito bom!!! 😉
Além de me ter posto a rir logo pela manhã, reconfortou-me a alma! S
ão estes pequenos gestos que fazem TODA a diferença! Thanks! 😉

New place!

O Yada Yada Yada mudou de casa… 🙂
Não posso deixar de pensar que é um sinal dos tempos… Tempo de mudança em tantas outras coisas, porque não aqui também?! 😉

Welcome to our new house! Enjoy!

Quem tem medo do lobo mau, lobo mau, lobo mau?

Farewell… Arriverdeci!

Hoje o mundo acordou mais pobre! Morreu esta madrugada um dos maiores de tenores que o Mundo conheceu… Luciano Pavarotti deixou-nos…

Nasceu em Itália, em 1935, e a sua primeira paixão foi o futebol. Só quando o pai o levou para o coro da cidade (Modena) se começou a dedicar, verdadeiramente, à música. A partir daí, viajou por todo o globo para interpretar e cantar variadíssimas óperas, até que em 1990 se junta a Plácido Domingo e José Carreras.
Provavelmente a pessoa que mais popularizou este estilo musical, Pavarotti levou ópera aos quatro cantos do mundo, muito graças aos seus duetos com grandes nomes como Sting, Barry White, Lou Reed, Celine Dion, e U2, entre tantos outros… Os concertos “Pavarotti & Friends” esgotaram estádios, arenas e pavilhões.
Em 2004, Pavarotti fez a sua última apresentação numa ópera em New York, onde recebeu uma “standing ovation” durante 11 minutos.
A voz que deu a ópera às massas calou-se hoje… Mas ficam os registos que nos permitirão recordá-lo sempre e, por isso, aqui vos deixo uma música absolutamente fantástica e arrepiante interpretada por ele… Arriverdeci, Luciano!

http://www.youtube.com/watch?v=VATmgtmR5o4

November Rain

Porque me apeteceu… Porque adoro esta música… Sei lá! Porque sim! Aqui vos deixo fragmentos de arte em forma de música 😉

“If we could take the time
To lay it on the line
I could rest my head
Just knowin’ that you were mine
All mine
So if you want to love me
Then darlin’ don’t refrain
Or I’ll just end up walkin’
In the cold November rain

[…]

And when your fears subside
And shadows still remain
I know that you can love me
When there’s no one left to blame
So never mind the darkness
We still can find a way
‘Cause nothin’ lasts forever
Even cold November rain”